terça-feira, 30 de abril de 2019

Seja agradecido; jamais, amargurado!


Leia Efésios 4:30-32 e Filipenses 4:8

A amargura é um sentimento terrível que potencializa pequenos traumas não tratados, pequenas ações sofridas e não perdoadas, trazendo sobre quem alimenta a amargura, uma dor insuportável, como uma erva de passarinho, uma raiz que vai se enrolando e sufocando uma árvore, roubando sua energia, sua alegria e até a vontade de viver. A amargura aumenta a tristeza, traz ressentimento, causando mais sofrimento ainda, se alimentando do próprio sofrimento.

O QUE PODEMOS FAZER...

Não entristeça o Espírito Santo de Deus: Perdoe e livre-se da amargura.
Obedeça o que diz Paulo em Filipenses 4:8 – Pensamentos que edificam.
Ore ao Senhor!

Filipe Espindola,
servo de Deus para pastorear ovelhas que desejam ser pastoreadas, que escutam a voz do Único Pastor: Jesus Cristo!

2 comentários:

  1. Eu venci o sentimento da amargura quando entendi que Deus renova todas as coisas e que não devemos pensar nas coisas passadas alimentando sentimentos ruins. "As coisas passadas devem ser lembradas apenas como águas que passaram."
    "Eis que faço novas todas as coisas" "o choro pode durar uma noite mas a alegria vem pela manhã"

    ResponderExcluir
  2. Amém as vezes temos amargura que estão escondidas no nosso íntimo que nem percebemos .mas quando estamos mesmo no centro da vontade de Deus .o espírito santo nos revela coisas que tá escondidas no íntimo de nossa alma . Obrigada pai obrigada pastor por ser ovelha de seu pastoreio .glórias Adeus por sua vida ser usada por Deus para nosso crescimento .

    ResponderExcluir