segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Lição 6: Tempo de Deus!

Texto chave:para memorizar: “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo propósito debaixo do céu:" Eclesiastes 3:1
Introdução:
Pressa! Ansiedade! Falta de paciência para esperar! Estes são alguns traços das pessoas na atualidade. Mas quando se convertem, deveria mudar esta situação, através da Palavra, alimentando a sua vida espiritual e, através da fé em Cristo Jesus, fazer morrer esta natureza terrena. Infelizmente, muitos não andam por este caminho por não obedecer aos ensinamentos e princípios fundamentais da Palavra de Deus. E por desconhecer a Palavra, por não ter o Espírito Santo (sem paciência), tomam iniciativas pessoais, por não querer esperar a resposta de Deus.

Deus é eterno e não está sujeito ao tempo “chronos”.

Em 2 Pedro 3:9, Pedro nos lembra que “Há, todavia, uma coisa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia.”
Em Eclesiastes 8:2-7 diz: “Eu te digo: observa o mandamento do rei, e isso por causa do teu juramento feito a Deus. Não te apresses em deixar a presença dele, nem te obstines em coisa má, porque ele faz o que bem entende. Porque a palavra do rei tem autoridade suprema; e quem lhe dirá: Que fazes? Quem guarda o mandamento não experimenta nenhum mal; e o coração do sábio conhece o tempo e o modo. Porque para todo propósito há tempo e modo; porquanto é grande o mal que pesa sobre o homem. Porque este não sabe o que há de suceder; e, como há de ser, ninguém há que lho declare.”
Não sabemos o que vai acontecer amanhã. Podemos fazer tantas coisas, mas também morrer. Mas Deus é eterno e, por isso, devemos ser sábios e não sair da presença de Deus, daquele que tudo sabe e pode nos conduzir à eternidade em segurança. Esperar no Senhor é um ato de fé. Veja o que diz o Salmo 37: diz:
 “Descansa no SENHOR e espera nele, não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho, por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios. Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal.”
Há pessoas que fazem o bem e prosperam, e há pessoas que fazem o bem e morrem. Há pessoas que praticam o mal e prosperam, há pessoas más que morrem. Fazer o bem é um dever e quem o pratica colhe dos seus frutos, mas isso não significa que todos estão livres de que algo de mal lhes suceda. Por isso a Palavra de Deus diz que para todo propósito há tempo e modo. Temos o livre arbítrio do homem em fazer e realizar, temos os frutos daquilo que se plantou, que a seu tempo colheremos, mas temos o tempo determinado por Deus em todas as coisas, e por isso, muitas vezes, queremos rapidez e agilidade na resposta, mas não a teremos, porque um tempo já foi determinado. Vejamos alguns exemplos de tempos e modos determinados por Deus.

As Profecias Bíblicas

Observe os seguintes textos:
·         Mateus 5:18 - “Porque em verdade vos digo: até que o céu e a terra passem, nem um i ou um til  jamais passará da Lei, até que tudo se cumpra.”
·         Salmo 105:19 - “até cumprir-se a profecia a respeito dele, e tê-lo provado a palavra do SENHOR.” 
Todas as profecias bíblicas vão se cumprir! Deus garante isso por causa de Sua Palavra. Por isso, se você tivesse orado para Deus salvar Judas Iscariotes ou mudar o destino dele, sua oração não teria efeito, pois estaria indo contra a profecia (João 17:12, Salmo 41:9). Há orações, em que a resposta é “não”, pelo simples fato de contrariar princípios bíblicos, ou seja, pedidos incorretos ou egoístas (Tiago 4:3). Por isso, você precisa estar vinculado à Igreja local, debaixo da autoridade do seu pastor, ouvindo a pregação, o ensino, conferindo estas coisas espirituais para que você possa crescer e ter as suas orações respondidas. Pessoas que se negam a viver em comunhão com o corpo de Cristo, por encontrar muitos pecados e defeitos, não fazem parte do corpo de Cristo, pois se julgam superiores a Ele.

Demora na resposta à oração

·         1 Pedro 3:7 - “Maridos, vós, igualmente, vivei a vida comum do lar, com discernimento; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, porque sois, juntamente, herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam as vossas orações.”
Quando o marido maltrata, ofende, e não a trata com dignidade, as orações não são ouvidas ou levadas diante de Deus. Assim como Jesus amou a Igreja e se entregou por ela. Mesmo depois de Israel ter adulterado e servido a outros deuses, Deus não pediu divórcio de Israel, Deus não abandonou o Seu povo. Da mesma forma, Jesus não trocou de “noiva”, mas concede perdão a todos os que se arrependem. Por isso, Deus odeia o divórcio. Por isso, é inconcebível que alguém rejeite sua esposa, sendo crente em Cristo Jesus.
·         Apocalipse 5:8 - “e, quando tomou o livro, os quatro seres viventes e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos...”

Há orações que só serão respondidas depois que “as taças estiverem cheias”, ou seja, depois de muita oração, depois de uma verdadeira busca (Mateus 7:8), com lágrimas (Salmo 126:5). A resposta pode demorar “10 dias” (curto período de tempo), ou pode demorar 10 anos ou mais. Por exemplo, José foi traído e vendido pelos seus irmãos para o Egito, foi preso injustamente por mais de 10 anos, por assédio sexual contra a mulher de Potifar, mas em todo este tempo, José nunca deixou a sua comunhão com Deus pela oração. José não tinha Bíblia, mas tinha fé e intimidade com Deus. Ao cessar o tempo da provação de Deus, chegou o tempo de se cumprir a profecia à respeito dele. Por isso devemos orar sem cessar, sem esmorecer.
TEMA DE CASA: Para ter as suas orações respondidas, algumas sugestões importantes, dadas pela Palavra de Deus:
·         Cuide de sua fé, com mais cuidado do que se cuida um jardim (Hebreus 11:6), meditando na Palavra e orando todos os dias, várias vezes ao dia.
·         Busque as coisas do Reino de Deus (Mateus 6:33), peça as coisas espirituais (Lucas 11:9; Colossenses 3:1); e deixe que Deus se encarregue de te abençoar com as coisas materiais.
·         Não faça orações que contrariem princípios bíblicos.
·         Ao pedir, peça com fé, sem duvidar. (Tiago 1:6-8);
·         Marido, trate bem a esposa! Esposa, trate bem o marido!
·         Ore pelas autoridades, pelos pastores, pelos irmãos, etc.., pois não orar é pecado (1 Samuel 12:23; 2 Crônicas 7:14).


E a lista não termina aqui, mas já dá uma idéia de como devemos orar se quisermos orações respondidas por um Deus que é Santo, Eterno e Imutável.